As equipas de Fórmula 1 Ferrari, Renault e Racing Point confirmaram o seu apelo à decisão sobre as condutas dos travões da equipa britânica, acusada de ter copiado essas peças da Mercedes.

A Ferrari e a Renault anunciaram na terça-feira que mantêm os seus respectivos recursos, e um porta-voz da Federação Internacional de Automobilismo (FIA) confirmou à AFP o recurso da Racing Point.

A data da audiência deve ser anunciada pelo comité de recurso da FIA.

Cinco equipas (Ferrari, Renault, Williams, McLaren e Racing Point) anunciaram a sua intenção de apelar no sábado passado e tiveram 96 horas para confirmá-la.

McLaren e Williams adiantaram na quarta-feira que mudaram de ideias.

A Renault foi a promotora da reclamação contra a Racing Point, a quem acusa de ter copiado da Mercedes peças essenciais para a refrigeração do sistema de travagens.

Os comissários concordaram com o pedido da equipa francesa na sexta-feira, mas não declararam as peças ilegais, permitindo que a Racing Point continue a usá-las.

A equipa foi punida com a perda de 15 pontos no Mundial de Construtores e com uma multa de 400 mil euros.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.