Sebastien Vettel não tem garantida uma posição no Mundial de Fórmula 1, isto depois do alemão tetracampeão do mundo não ter chegado a acordo para a renovação do seu vínculo com a Ferrari.

Ora, o alemão está agora com vida complicada para encontrar lugar numa equipa competitiva.

A Mercedes começou por deixar a porta entreaberta para a entrada do germânico, mas terá outros alvos prioritários tais como Bottas, Russel ou Ocon. A Red Bull não lhe deu abertura, assim como o McLaren.

Sobram a Renault e a Aston Martin. Nos dois casos, o piloto vai tentar disputar um lugar com o espanhol Fernando Alonso que também pondera regressar à Fórmula 1, caso encontre um desafio interessante.

A 'Gazzetta dello Sport' adianta mesmo que os dois estão em disputa por um lugar na Aston Martin.

A Racing Point impressionou nos últimos testes em Montmeló e graças à intervenção do empresário canadiano Lawrence Strool vai converter-se na equipa da Aston Martin, um conjunto que terá francas ambições na prova nos próximos anos. Neste momento, a Racing Point conta com Checo Pérez e Lance Stroll, pilotos que não estão habituados a a alcançar lugares de registo, com excepção de checo que já conseguiu alguns pódio na Fórmula 1.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.