Lewis Hamilton assegura que não voltará a ser colega de equipa de Fernando Alonso no Campeonato do Mundo de Fórmula 1. Em entrevista ao jornal alemão Stuttgarter Zeitung, o piloto inglês diz que ele e Alonso são ‘polos’ iguais e que se afastam.

“Quando dois polos norte se encontram, rejeitam-se entre si. É preciso que haja um polo norte e um polo sul para que dê certo. Dois iguais como eu e o Alonso em 2007 dão energia negativa como resultado. Voltar a correr com ele nunca acontecerá”.

Sobre uma potencial mudança de equipa depois de ter conquistado o título, Lewis Hamilton afirmou que não se pode dizer nunca a nada, mas que a Ferrari é uma carta fora do baralho”.

“ Na nossa vida nunca devemos dizer nunca a nada. Estou orgulhoso na minha equipa e em toda a Mercedes. A Ferrari não entra nas contas e não vou para lá”.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.