Lewis Hamilton não escondeu a sua frustração, depois de ver o motor do seu Mercedes incendiar-se na 41.ª das 56 voltas, no Grande Prémio da Malásia. No circuito de Sepang, o inglês liderava com 14 segundos de vantagem sobre Ricciardo (Red Bull) e preparava-se para vencer e recuperar pontos a Rosberg no mundial de pilotos quando o seu motor cedeu. Cedeu como já aconteceu esta temporada em mais que uma vez. Algo que Lewis Hamilton não percebe.

"Há alguém que não quer que eu vença este ano, mas vou continuar a lutar", começou por dizer Hamilton à imprensa, em Sepang.

"Há alguma coisa que não bate certo. De todos os carros com motor Mercedes [8] eu sou o único com estes problemas esta temporada. A Mercedes já deu 43 motores esta temporada e só comigo é que acontecem os problemas. Não há muito mais que possa fazer. Eu e a minha equipa sabemos que temos o que é preciso para regressar às vitórias, mas sei lá eu que motor vou ter na próxima corrida...", disse o inglês, muito insatisfeito com os recentes problemas que o tem impedido de somar vitórias.

Nico Rosberg, colega de equipa de Lewis Hamilton na Mercedes, soma agora mais 23 pontos do que o inglês na liderança do Mundial, quando faltam cinco Grandes Prémios para o final da época.

Os 10 primeiros na Malásia

1. Daniel Ricciardo (Austrália, Red Bull-TAG Heuer, 1h37.12,776
2. Max Verstappen (Holanda), Red Bull-TAG Heuer, a 2,443
3. Nico Rosberg (Alemanha), Mercedes, a 25,516
4. Kimi Räikkönen (Finlândia), Ferrari, a 28.785
5. Valtteri Bottas (Finlândia), Williams-Mercedes, a 1.01,582
6. Sergio Pérez (México), Force India-Mercedes, a 1.03,794
7. Fernando Alonso (Espanha), McLaren-Honda, a 1.05,205
8. Nico Hülkenberg (Alemanha), Force India-Mercedes, a 1.14,062
9. Jenson Button (Grã-Bretanha), McLaren-Honda, a 1.21,816
10. Jolyon Palmer (Grã-Bretanha), Renault, a 1.35,466

Os 10 primeiros no Mundial de Pilotos (após 16 GP):

1. Nico Rosberg, 288 pontos
2. Lewis Hamilton, 265
3. Daniel Ricciardo, 204
4. Kimi Räikkönen, 160
5. Sebastian Vettel, 153
6. Max Verstappen, 147
7. Valtteri Bottas, 80
8. Sergio Pérez, 74
9. Nico Hülkenberg, 50
10. Fernando Alonso, 42

Classificação no Mundial Construtores:

1. Mercedes, 553 pontos
2. Red Bull-TAG Heuer, 359
3. Ferrari, 313
4. Force India-Mercedes, 124
5. Williams-Mercedes, 121
6. McLaren-Honda, 62
7. Toro Rosso-Ferrari, 47
8. Haas-Ferrari, 28
9. Renault, 8
10. Manor-Mercedes, 1

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.