A Honda renovou o contrato de fornecimento de motores às equipas de Fórmula 1 Red Bull e Toro Rosso por mais uma temporada, mantendo-se no campeonato pelo menos até 2021.

"Temos o prazer de anunciar que estendemos a parceria com a Honda para o fornecimento de motores híbridos", anunciaram as duas equipas da Red Bull, a Aston Martin Red Bull Racing e a Toro Rosso, nas redes sociais.

As três vitórias conseguidas pelo holandês Max Verstappen (Red Bull) em 2019 (na Áustria, Alemanha e Brasil), puseram um termo às dúvidas dos responsáveis do construtor nipónico, que ainda não tinham decidido a continuidade para lá de 2020.

Em declarações à Servus.Tv, o conselheiro da equipa, o austríaco Helmut Markko, mostrou-se "aliviado" com a decisão da Honda, pois Mercedes e Ferrari recusam fornecer motores à equipa rival e a relação com a Renault terminou em divórcio litigioso na época passada.

Quando falta apenas disputar o Grande Prémio de Abu Dhabi, no próximo fim de semana, a Red Bull ocupa a terceira posição no Mundial de Construtores, com 391 pontos, contra os 701 da Mercedes (já campeã) e os 479 da Ferrari.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.