O piloto suíço Jason Dupasquier, de ascendência portuguesa, foi operado após um acidente sofrido no sábado na qualificação do Grande Prémio de Itália de Moto3, e está em estado “muito grave”.

Segundo a informação divulgada pelo hospital Carregi, em Florença, o piloto, que foi atingido por uma das motas após queda, foi submetido a uma cirurgia torácica durante a noite devido a uma lesão vascular.

“As graves lesões cerebrais persistem. Ele continua nos cuidados intensivos em estado muito grave”, afirmou um porta-voz do hospital.

Jason Dupasquier, de 19 anos, sofreu um acidente na qualificação, que envolveu também o japonês Ayumu Sasaki e o espanhol Jeremy Alcoba, tendo sido assistido durante mais de 30 minutos na pista do circuito de Mugello, antes de ser transportado de helicóptero para o hospital.

A sua equipa, a Prustel GP, revelou nas redes sociais que a situação do piloto é “crítica” e que decidiu não correr no Grande Prémio de hoje. O seu compatriota Thomas Lüthi, que corre na categoria de Moto2, também anunciou a sua ausência na corrida.

Dupasquier participa pelo segundo ano no Mundial de Moto3 do campeonato de motociclismo de velocidade. Atualmente é 10.º classificado, com 27 pontos, após cinco corridas disputadas.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.

Ajude-nos a melhorar o SAPO Desporto