A Mercedes emitiu na manhã desta segunda-feira um comunicado no qual revela que o piloto britânico Lewis Hamilton foi alvo de insultos racistas na sequência do GP da Grã-Bretanha.

"Durante e depois da corrida, Lewis foi alvo de múltiplos casos de abusos racistas nas redes sociais" devido ao incidente que deixou Verstappen fora da corrida.

"A Fórmula 1 e a FIA e a Mercedes condenam este comportamento da maneira mais severa. Estas pessoas não têm lugar no nosso desporto e pedimos urgentemente que os responsáveis ​​sejam responsabilizados por suas ações", pode ainda ler-se na referida nota.

Por fim, o comunicado salienta que "a Fórmula 1, equipas, pilotos e a FIA estão a trabalhar juntos para tornar este desporto mais inclusivo e diversificado, e estes comportamentos inaceitáveis ​​de abuso online devem ser destacados e eliminados".

Recorde-se que o Grande Prémio da Grã-Bretanha começou praticamente com o incidente (e acidente) que atirou Max Verstappen para fora de prova. Tudo por conta de uma intensa batalha no início da corrida com Lewis Hamilton, na qual foi o holandês da Red Bull levou a pior e acabou por embater com estrondo numa das bancadas.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.