O piloto português Miguel Oliveira (KTM) mostrou-se hoje "contente com a oitava posição" conseguida na qualificação para o Grande Prémio da Europa de MotoGP, 12.ª prova da temporada.

"Foi um dia positivo, começámos com bom ritmo na sessão da manhã, no quarto treino livre também. Fizemos o trabalho que tínhamos a fazer na Q1, passámos à Q2. Aí, ficámos um pouco aquém do que podíamos fazer, mas a pista começou a secar e sobreaqueci os pneus, e não consegui ter a mesma tração para ser tão rápido como tinha sido 10 minutos antes", explicou o piloto português da equipa Tech3.

Na primeira fase da qualificação, a Q1, em que foi o mais rápido, Miguel Oliveira fez o tempo de 1.40,771 minutos, enquanto que na segunda fase (Q2), rodou em 1.41,328 minutos.

"Ainda assim, estou contente com a oitava posição. Amanhã (domingo), entraremos em território desconhecido, com uma pista provavelmente seca, por isso temos de estar alerta, adaptarmo-nos rapidamente ao que encontrarmos e fazer uma boa corrida", frisou o piloto português.

Miguel Oliveira, que no ano passado não correu em Valência, devido a lesão, venceu a corrida de Moto2 na última presença no circuito Ricardo Tormo, em 2018.

O GP da Europa de MotoGP é a 12.ª corrida da temporada e Miguel Oliveira chega a esta prova no 10.º lugar do campeonato, com 79 pontos, contra 137 do líder, o espanhol Joan Mir (Suzuki).

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.

Ajude-nos a melhorar o SAPO Desporto