O piloto Miguel Oliveira vai realizar quarta-feira os testes oficiais IRTA (associação de equipas) em Jerez de La Frontera, Espanha, a poucas semanas do início do Mundial de motociclismo na categoria Moto2.

“Uma das prioridades deste teste será ver de que forma me causa desconforto a fratura do dedo. Outra será a de afinar a moto de forma a fazê-la funcionar bem neste circuito. Acredito que funcionando bem aqui terei uma boa base para toda a temporada”, disse, à sua assessoria de imprensa.

O vice-campeão do Mundo 2015 em Moto3 vai competir este ano pela estreante Leopard Racing na categoria superior e prossegue com os testes para continuar a evoluir na sua Kalex e avaliar a resposta à fratura ao dedo anelar da mão direita contraída há algumas semanas em treinos neste mesmo circuito, tendo na altura optado por não operar para poder participar nestes testes.

“O facto de estarem presentes a grande maioria dos pilotos da grelha, será uma vantagem para avaliar a minha condição e a da equipa”, acrescentou.

O piloto de Almada vai cumprir os três treinos livres previstos para as 09:00, 11:40 e 14:20 locais, uma hora mais do que em Lisboa.

Miguel Oliveira vai ter na equipa o britânico Danny Kent, que na época passada lhe negou o título em Moto3.

O campeonato mundial de motociclismo de velocidade começa a 20 março, no Qatar.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.