O piloto português Miguel Oliveira (KTM) considerou hoje que, apesar de ter feito "uma boa corrida", com o sexto lugar no Grande Prémio de Teruel de MotoGP, "o resultado poderia ter sido outro".

Em declarações difundidas pela assessoria de imprensa do piloto português, Oliveira frisou ter melhorado "muito em comparação com o fim de semana anterior", em que tinha sido 16.º classificado no mesmo circuito de Aragão.

"Foi uma boa corrida. Em comparação com o fim de semana anterior melhorámos muito. Apesar de sentir que o resultado poderia ter sido outro, temos de levar a parte positiva para casa", disse o piloto da equipa Tech3, para quem "foi muito difícil fazer ultrapassagens".

Ao longo da prova de hoje, a 11.ª da temporada, o piloto de Almada protagonizou "boas lutas com vários pilotos", tendo sido "sempre competitivo".

"A certa altura, na parte final, era o piloto mais rápido em pista", sublinhou.

Miguel Oliveira considerou, ainda, que o sexto lugar de hoje "é bom para todos e uma motivação para enfrentar as últimas três corridas", duas delas em Valência (Espanha) e a derradeira no Algarve, em Portugal.

Após 11 corridas disputadas, Miguel Oliveira ocupa a décima posição no campeonato, com 79 pontos, a 58 do líder, o espanhol Joan Mir (Suzuki), quando ainda estão 75 pontos em jogo.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.