A organização do mundial de motociclismo decidiu na sexta-feira retirar o número 50 do Moto3, em homenagem ao piloto suíço Jason Dupasquier, que morreu após uma queda na qualificação para o Grande Prémio de Itália.

Numa cerimonia realizada no circuito de Sachsenring, palco do Grande Prémio da Alemanha, responsáveis da Federação Internacional de Motociclismo e da Dorna Sports entregaram aos elementos da equipa PrustelGP, de Dupasquier, uma placa para assinalar a retirada do número que o piloto utilizava.

O piloto suíço Jason Dupasquier, de ascendência portuguesa, morreu aos 19 anos, após queda no Grande Prémio de Itália de Moto3.

Jason Dupasquier sofreu um acidente na parte final da qualificação de Moto3, que envolveu também o japonês Ayumu Sasaki e o espanhol Jeremy Alcoba, tendo sido assistido durante mais de 30 minutos na pista do circuito de Mugello, antes de ser transportado de helicóptero para o hospital.

O piloto, que foi atingido por uma das motas após a queda, ainda foi operado, mas não resistiu aos ferimentos sofridos.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.

Ajude-nos a melhorar o SAPO Desporto