Maverick Vinãles foi afastado do Grande Prémio da Áustria pela sua equipa, a Yamaha, que suspendeu o piloto espanhol devido a danos causados na própria mota na semana passada, no GP da Estíria.

"A decisão da Yamaha é consequência de uma análise exaustiva da telemetria e dados dos últimos dias. Conclui-se que as as ações do piloto poderiam ter causado dano no motor e colocado em risco o próprio e os demais pilotos", pode ler-se num comunicado emitido pela marca japonesa.

O mal estar entre Yamaha e Viñales tem sido uma constante nos últimos tempos e o divórico entre as duas partes é cada vez mais uma certeza, tendo já o piloto dado conta da sua vontade de sair no final da temporada. No passado fim de semana, depois de não ter conseguido voltar à corrida para a segunda partida do GP da Estíria, depois de a corrida ter sido interrompida, Viñales afirmou: "Um dia a moto está bem e no dia corrida não funciona, nunca ninguém na Yamaha sabe dar-me uma explicação".

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.