O britânico Lewis Hamilton foi penalizado em cinco lugares para o Grande Prémi do Bahrein de Fórmula 1. A penalização é consequência de uma mudança na caixa de velocidade do carro, anunciou na sexta-feira a Mercedes e os organizadores da corrida.

De acordo com os regulamentos, aquele componetne devia durar, pelo menos, seis provas, pelo que a sua troca antes do tempo implica penalizações para o piloto na grelha departida.

A mudança foi motivada por uma "fuga hidráulica", revelou a Mercedes pelo Twitter.

Já na Austrália, no primeiro Grande Prémio da época, Valtteri Bottas, colega de Hamilton na Mercedes, tinha tido o mesmo problema, depois de um acidente que levou na altura a direção de corrida a suspender a sessão de qualificação. O finlandês foi obrigado a trocar a caixa de velocidade do seu Mercedes.

Hamilton terminou a primeira sessão de treinos livres com o quarto melhor tempo, 655 milésimos atrás do finlandês Kimi Raikkonen (Ferrari).

Assim, o sexto lugar será a melhor posição que Hamilton deverá arrancar para a corrida mas para tal terá de conseguir o melhor tempo na qualificação.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.