O estónio Ott Tanak (Toyota) ficou hoje mais perto de vencer o Rali da Alemanha, nona prova do Mundial de ralis, beneficiando do furo do francês Sebastien Ogier (Ford), campeão do mundo.

Um furo na 13.ª especial cronometrada e antepenúltima do dia, quando era segundo classificado, a 13,6 segundos de Tanak, retirou as hipóteses de Ogier lutar pelo triunfo nesta prova.

Tanak tem, com três especiais por disputar, 43,7 segundos de avanço sobre o espanhol Dani Sordo (Hyundai) e 44,5 sobre o finlandês Jari-Matti Latvala (Toyota).

Na luta pelo título, o líder do campeonato, o belga Thierry Neuville (Hyundai) é quarto classificado, a 52,5 segundos de Tanak, enquanto Ogier, que está a 21 pontos do topo, é sétimo, a 1.51,2 minutos.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.