O piloto italiano Valentino Rossi (Yamaha) conseguiu hoje a primeira vitória da temporada ao triunfar no Grande Prémio de São Marino de MotoGP, prova na qual o campeão e líder do Mundial, Marco Márquez, foi 15.º.

Rossi, seis vezes campeão do Mundo, concluiu as 28 voltas ao circuito Marco Simoncelli em 44.14,586 minutos, impondo-se aos espanhóis Jorge Lorenzo (Yamaha) e Dani Pedrosa (Honda), segundo e terceiro da geral, respetivamente.

Marc Márquez, que procura revalidar o título mundial, obteve a pior classificação da temporada, terminando no 15.º posto, depois de ter protagonizado uma queda.

Quando rodava na segunda posição, atrás de Rossi, Márquez caiu devido a falta de aderência na sua roda dianteira e acabou por regressar à pista na última posição.

O líder do Mundial, que nas 12 provas disputadas antes de São Marino só tinha ficado fora do pódio uma vez – quarto no GP da República Checa –, conseguiu ainda recuperar algumas posição mas não foi além do 15.º posto.

A cinco provas do final do campeonato, Marc Márquez mantém a liderança, com 289 pontos, mais 74 do que o seu compatriota Dani Pedrosa, segundo, e mais 75 do que o italiano Valentino Rossi, terceiro.

Partindo do terceiro lugar da grelha, Valentino Rossi assumiu cedo o comando da prova, ultrapassando na mesma volta Jorge Lorenzo – que saiu da “pole” – e Marc Márquez, e assegurou o lugar mais alto do pódio, ao qual não subia desde junho de 2013, quando venceu o GP da Holanda.

Na categoria de Moto2, o espanhol Esteve Rabat (Kalex) garantiu a terceira vitória consecutiva e sétima da temporada, impondo-se ao finlandês Mika Kallio, seu companheiro de equipa e detentor da “pole”, e ao francês Johann Zarco (Suter), que completaram o pódio.

Esteve Rabat lidera o mundial com 258 pontos, mais 22 pontos que Kallio, que é segundo, e mais 79 que o também espanhol Maverick Viñales (Kalex), terceiro.

Em Moto3, o português Miguel Oliveira (Mahindra) alcançou a sua pior classificação do ano, ao terminar na 22.ª posição, depois de ter protagonizado uma queda a meio da prova, quando seguia no terceiro lugar.

A prova foi ganha pelo espanhol Alex Rins (Honda), que se impôs ao também espanhol e colega de equipa Alex Marquez, segundo, e ao australiano Jack Miller (KTM), terceiro.

Na classificação do Mundial, quando faltam ainda cinco corridas para terminar a época, Miller lidera, com 195 pontos, mais nove que o perseguidor direto, Alex Marquez (186), enquanto Rins segue na terceira posição, com 175.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.