Lewis Hamilton conquistou, no passado domingo, o seu sétimo título de campeão do mundo de Fórmula 1, igualando assim o recorde de Michael Schumacher. Em Inglaterra, há quem peça o título de 'Cavaleiro' para o piloto da Mercedes, porém, Ronnie O'Sullivan não concorda.

"Se tens um carro que roda um segundo por volta mais rápido do que os outros, em teoria apenas tens de bater o teu companheiro de equipa [Valtteri Bottas], que neste caso até parece estar confortável com o papel secundário que tem vindo a desempenhar", afirmou Sullivan, seis vezes campeão do Mundo de snooker, em declarações ao jornal 'Daily Star'.

"Não tem o mesmo significado como num desporto como o ténis, onde o Federer joga no mesmo campo que os outros, ou como o atletismo, onde o Kipchoge corre contra toda a gente na mesma estrada. É fantástico o Lewis ter conquistado sete títulos mundiais, mas se o teu carro anda mais rápido do que o dos outros pode até cometer alguns erros e mesmo assim ganhar", acrescentou o também britânico.

"É como conduzires um carro a fumar um charuto e com um dedo no volante!", sublinhou.

Em jeito de contraste, O' Sullivan enumerou atletas como Roger Federer, Rafael Nadal, Novak Djokovic, Phil Taylor, Tiger Woods, Lionel Messi e Cristiano Ronaldo como os melhores de sempre.

"Penso que no desporto não deve de haver vantagens. Eu não me sentiria bem na minha carreira como jogador de snooker se andasse a jogar numa mesa onde os buracos fossem mais largos do que na mesa dos meus rivais. No snooker toda a gente tem o mesmo equipamento, eu não escolho os meus rivais nem a mesa", finalizou.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.

Ajude-nos a melhorar o SAPO Desporto