O francês Sebastien Ogier (Volkswagen) venceu este sábado o Rali da Sardenha (Itália), sétima prova do Mundial de ralis, destacando-se ainda mais no comando do campeonato.

Ogier, que somou o quarto triunfo da temporada, o 11.º da carreira, concluiu a prova com uma confortável vantagem de 1.16,8 minutos para o segundo classificado, o belga Thierry Neuville (Ford), tendo dominado claramente a prova, na qual triunfou em sete das 16 provas especiais de classificação.

Em bom plano esteve Neuville, que garantiu o segundo lugar do pódio, embora tenha beneficiado do abandono do finlandês Mikko Hirvonen (Citroen) na segunda especial desta segunda etapa.

Aos 24 anos, Neuville obteve na Sardenha o seu melhor resultado em provas do Mundial de ralis, depois de já este ano ter somado dois terceiros lugares, no México e na Grécia.

O finlandês Jari-Matti Latvala (Volkswagen), que furou logo na primeira especial do rali, na sexta-feira, perdendo na ocasião cerca de dois minutos, foi recuperando posições e acabou por minimizar as perdas, ao terminar no terceiro lugar, tendo somado seis triunfos em provas especiais.

O domínio de Ogier no campeonato acentua-se cada vez mais, com o piloto gaulês a contar agora com mais 64 pontos do que o segundo classificado, o seu companheiro de equipa Latvala, enquanto o primeiro piloto não Volkswagen, Neuville, é terceiro, com menos 84 pontos do que o comandante.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.