O espanhol Dani Sordo (Citroën DS3) alcançou hoje a sua primeira vitória numa prova do campeonato do Mundo de ralis (WRC), ao ganhar o Rali da Alemanha, nona etapa do calendário, disputada na região de Tier.
Numa prova marcada pelo abandono do francês Sébastien Ogier, que podia festejar antecipadamente o título mundial na Alemanha, Sordo venceu com 53 segundos de vantagem sobre o belga Thierry Neuville (Ford Fiesta RS), enquanto o finlandês Mikko Hirvonen (Citroën DS3) completou o pódio, a 2.36 minutos.
Após o triunfo de Sordo, o primeiro de um piloto espanhol no WRC desde o sucesso de Carlos Sainz na Argentina em 2004, Ogier conservou o comando do Mundial e pode sagrar-se campeão na próxima prova, o Rali da Austrália, em meados de setembro.
Sordo e Neuville iniciaram a última jornada separados por apenas oito décimos de segundo, com vantagem para o espanhol, que ampliou a diferença para três segundos na primeira das duas classificativas do dia.
Na última, a Power Stage ganha por Ogier, Neuville arriscou tudo, mas cometeu um erro nas últimas centenas de metros que lhe custou mais 50 segundos e deitou por terras todas as hipóteses de inverter a tendência.
Neuville, que esta época já subiu ao pódio no México e na Grécia (3.º), depois na Sardenha (2.º) e na Finlândia (2.º), é o segundo classificado do Mundial, mas já com poucas hipóteses de negar o primeiro título a Ogier.
A Citroen manteve o pleno de vitórias na Alemanha, desde que o rali integra o calendário do Mundial (2002), graças aos nove triunfos de Sébastien Loeb, outras tantas vezes campeão do Mundo, ao de Ogier 2011 e ao de Sordo.
O Rali da Austrália, décima das 13 provas do campeonato do Mundo, disputa-se entre 12 e 15 de setembro.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.