O estónio Ott Tanak (Toyota Yaris) alargou hoje a vantagem no Rali da Grã-Bretanha, no País de Gales, de 3,4 para 11 segundos, quando faltam cinco especiais para o final da prova, 12.ª das 14 rondas do Mundial.

O piloto da Toyota venceu apenas a derradeira das sete especiais disputadas hoje nas estradas florestais em redor de Llandudno, escorregadias devido à chuva que caiu, terminando com 11 segundos de vantagem sobre o belga Thierry Neuville (Hyundai i20).

Um dos mais afetados foi o francês Sébastien Ogier (Citröen C3), que não conseguiu acompanhar o ritmo dos rivais e caiu do segundo para o terceiro lugar, a 17,3 segundos de Tanak.

O estónio, que lidera o campeonato, ainda apanhou um susto durante a manhã, quando uma pancada numa lomba danificou a suspensão traseira do seu Toyota na terceira especial do dia.

O barulho adicional impedia Tanak de ouvir as notas do seu navegador, o estónio Martin Jarveoja, mas cedeu apenas quatro décimos de segundo para Neuville.

Domingo, disputam-se os derradeiros 38 quilómetros cronometrados, divididos por cinco especiais, incluindo a ‘power stage', que atribui cinco pontos extra pelos cinco primeiros classificados.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.