O belga Thierry Neuville (Hyundai i20) terminou o segundo dos três dias que compõem o rali da Turquia, quinta prova do Campeonato do Mundo, na liderança da prova.

O piloto da Hyundai chegou ao final das oito primeiras especiais com 33,2 segundos de vantagem sobre dois franceses, Sébastien Loeb (Hyundai i20) e Sébastien Ogier (Toyota Yaris).

"A tarde correu muito melhor do que a manhã. O carro está muito melhor, especialmente nos troços mais duros", frisou o piloto belga.

Ogier debateu-se ao longo do dia com problemas hidráulicos no seu Toyota, enquanto Loeb fez uso da sua experiência para recuperar o tempo perdido durante a manhã devido a uma má escolha de pneus (médios à frente e duros atrás).

"Não está muito mal", disse o veterano piloto, após vencer a derradeira especial do dia, que lhe permitiu ascender ao segundo lugar, ex-aequo com Ogier.

Além de Loeb, Ogier venceu dois troços, logo a abrir a manhã, enquanto Neuville foi o mais rápido em três, cavando uma diferença confortável para a concorrência, onde já não se inclui o companheiro de equipa e campeão mundial em título, o estónio Ott Tanak.

O piloto da Hyundai desistiu logo pela manhã, com problemas na direção assistida do seu i20, prometendo regressar no domingo para tentar marcar pontos na 'power stage'.

Este domingo disputam-se 90 quilómetros cronometrados, divididos por quatro troços especiais.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.