O piloto de motociclismo Tomás Alonso (Quaresma Racing) terminou sábado na 21.ª posição a primeira corrida da categoria de Supersport300, prova do Mundial de Superbike, que decorre no Autódromo Internacional do Algarve (AIA), em Portimão.

Alonso, de 19 anos, aos comandos de uma Kawasaki Ninja400, garantiu a melhor classificação dos três pilotos lusos em prova, terminando a corrida a 13,270 segundos do vencedor, o francês Di Sora (Kawasaki).

O piloto de Loures, que já se tinha destacado na Superpole, ao conseguir o 20.º registo, o melhor de entre os portugueses, mas ainda assim a 1,345 segundos do espanhol Adrian Huertas (Kawasaki) que garantiu a ‘pole’ e o título Mundial.

Miguel Duarte (Yamaha MS Racing) foi 32.º classificado, gastando mais 55,712 segundos do que o vencedor, enquanto Dinis Borges (Speed Master Racing Team) foi obrigado a abandonar a corrida devido a uma queda quando estavam cumpridas cinco voltas ao circuito.

A primeira corrida de Supersport300 no AIA foi decisiva para a atribuição do título do Mundial de pilotos, com a consagração do espanhol Adrian Huertas como novo campeão mundial da categoria, ao garantir o terceiro lugar do pódio, a apenas 67 centésimos de segundo do francês, quarto do Mundial, com 148 pontos.

A segunda corrida de Supersport300 da 11.ª ronda do Mundial de Superbike está marcada para hoje, às 15:15.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.