O diretor da equipa austríaca de fórmula 1 Red Bull anunciou hoje que três pilotos irão competir pela vaga deixada na equipa, após o abandono do australiano Mark Webber, que rumou ao Mundial de Endurance (WEC).

Os nomes mais prováveis para substituir Webber são os de Kimi Raikkonen, que está em final de contrato com a equipa da Lotus, Daniel Ricciardo e Jean-Eric Vergne, da equipa filial Toro Rosso.

«Seria uma loucura ignorar a situação do Kimi Raikkonen», afirmou o diretor geral da equipa austríaca, Christian Horner, numa conferência de imprensa organizada pela Federação Internacional de Automobilismo (FIA) em Silverstone.

Sobre a dupla de pilotos da equipa Toro Rosso, o francês Jean-Eric Vergne e o australiano Daniel Ricciardi, Horner afirmou que os dois pilotos são uma «aposta interessante para o futuro», com a subida de um destes pilotos à equipa principal a poder abrir uma vaga para o português António Félix da Costa, que pertence à Red Bull Junior Team.

O campeão mundial em título, o francês Sebastian Vettel, também subiu à equipa da Red Bull em 2009, depois de “rodar” durante dois anos na Toro Rosso.

O piloto de teste da escuderia austríaca, o suíço Sebastien Buemi, parece afastado da luta por um lugar na Red Bull na próxima época.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.