Valentino Rossi testou positivo à COVID-19 e vai falhar o Grande Prémio de Aragão de MotoGP, que está agendado para o próximo domingo.

Foi o próprio piloto italiano quem confirmou estar infetado, através da rede social Twitter.

"Infelizmente, esta manhã acordei e não me sentia bem. Os meus ossos estavam doridos e tinha febre ligeira. Imediatamente liguei ao médico, que me testou duas vezes. O resultado do teste PCR rápido deu negativo, tal como o teste que realizei na terça-feira. Mas o segundo, cujo resultado me foi enviado esta tarde às 16 horas, foi, infelizmente, positivo", anunciou Rossi.

"Estou desiludido por falhar a corrida em Aragão. Estou triste e chateado, porque fiz o meu melhor para respeitar o protocolo e, apesar de o teste de terça-feira ter sido negativo, isolei-me desde a minha chegada de Le Mans. De qualquer forma, é o que é e nada posso fazer para mudar a situação. Vou seguir as indicações médicas e espero sentir-me bem em breve", acrescentou.

Com nove corridas já disputadas, o italiano é o 13.º classificado, com 58 pontos, a 11 do português Miguel Oliveira (KTM), que é nono.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.