A nadadora portuguesa Camila Rebelo bateu hoje, pela terceira vez em dois dias, o recorde nacional dos 200 metros costas, fixando-o em 2.04,39 minutos em Otopeni, Roménia, com o quinto lugar nos Europeus de piscina curta.

A jovem de 20 anos, já apurada para Paris2024, chegou aos Europeus com o recorde em 2.07,58, pelo que o baixou em cerca de três segundos, reforçando assim o seu estatuto de maior referência de Portugal na especialidade.

Camila Rebelo, que entrou na final com o oitavo registo, ficou a 1,94 segundos do ouro da britânica Medi Harris (2.02,45), que bateu a compatriota Katie Shanahan por 77 centésimos de segundo e a francesa Pauline Mahieu por 1,45: o quarto lugar, da italiana Margherita Panziera, ficou a somente quatro centésimos de segundo.

Nos 50 metros costas, apresentou-se nas meias-finais com o 13.º tempo com 27,55, máximo pessoal, acabando por não melhorar a classificação, ao invés do tempo, desta vez em 27,36, melhorando em 19 centésimos de segundo.

Nesta prova, Mariana Cunha e Ana Guedes tinham conseguido somente os 19.º e 25.º registos das eliminatórias, com 28,04 e 28,35 segundos, respetivamente.

Nos 100 metros costas, Gabriel Lopes e João Costa foram somente 14.º e 16.º nas meias-finais – só os oito melhores garantiam lugar na prova das medalhas -, com 51,50 e 51,58, respetivamente, quando o apuramento fechou em 50,65.

Francisca Martins foi 36.ª, entre 49 nadadoras, nos 100 livres, com 55,68 segundos, a apenas 13 centésimos do seu máximo pessoal, de 55,55.

Na sexta-feira, Camila Rebelo vai competir nos 100 metros costas, Ana Guedes e Mariana Cunha nos 100 mariposa, enquanto Diogo Ribeiro e Miguel Nascimento estarão nos 50 mariposa.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.