O nadador português Diogo Ribeiro, que se sagrou hoje campeão mundial júnior dos 50 metros livres, estava surpreendido com a marca efetuada na final e que o levou à segunda medalha de ouro na competição que decorre em Lima.

“Não esperava terminar na casa dos 21 segundos. É incrível”, disse o jovem nadador luso, pouco tempo depois de terminar a prova, ainda a recuperar do esforço efetuado na final.

Depois de já ter conquistado o título dos 100 metros mariposa nestes mundiais de juniores, Diogo Ribeiro venceu também a final de 50 metros livres, com a marca de 21,92 segundos, à frente do cipriota Nicolas Antoniou (22,51) e do croata Jere Hribar (22,55).

A marca de 21,92 segundos é o novo recorde nacional de juniores, muito perto do máximo absoluto de Portugal (21,90), na posse do seu colega do Benfica, Miguel Nascimento, desde 30 de julho.

Antes da final dos 50 metros livres, o nadador português assegurou presença em nova final, a dos 50 metros mariposa, ao garantir o terceiro melhor tempo das meias-finais (23,94), depois do checo Daniel Gracik (23,53) e do dinamarquês Casper Puggaard (23,83).

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.