A lenda italiana da natação Federica Pellegrini competiu hoje pela última vez, quatro meses depois de uma histórica quinta presença em finais de Jogos Olímpicos, em Tóquio2020.

A 'Divina', de 33 anos, nadou e ganhou os 200 metros livres - a sua distância preferida - de uma prova disputada em Riccione.

Desde os Jogos Olímpicos, disputados em julho, que Pellegrini tem competido numa liga privada de natação, a ISL, e hoje escolheu, para a despedida, os campeonatos de Itália de piscina curta, ganhando pela última no tempo de 1.54,95 minutos.

'Last Free 200' , tinha escrito - assim mesmo, em inglês - nas redes sociais a estrela italiana, que também fez questão de difundir em direto a cerimónia de homenagem na piscina, em que arrastou, literalmente, para a água o presidente do Comité Olímpico Italiano, Giovanni Malago.

"Foram 20 anos de natação e de cansaços. Amei loucamente a natação e ainda a amo. O que mais me vai faltar é o grupo, o que não me vai fazer falta, de certeza, é o cansaço nos treinos", disse a seis vezes campeã do mundo e recordista dos 200 metros livres, em declarações à Rai.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.