Os nadadores portugueses Daniel Videira e Marco Meneses garantiram hoje presença em duas finais dos Europeus de natação adaptada, que decorrem no Funchal, tendo ambos estabelecido recordes nacionais.

Nos 100 metros costas S6 (deficiência motora), Daniel Videira nadou a sua série em 1.21,28 minutos, fazendo cair o anterior máximo nacional (1.23,79), que lhe pertencia, e parte para a final com o sexto melhor tempo.

Marco Meneses assegurou presença na final de 50 metros livres S11 (deficiência visual), ao nadar a distância em 28,58 segundos, melhorando o seu próprio recorde nacional, que era de 29,24 segundos.

Ivo Rocha nadou a eliminatória dos 50 metros livres S5 (deficiência motora) em 43,95 segundos, terminando em sétimo e falhando presença na final.

À tarde, Portugal vai estar representado em três finais, com Renata Pinto a juntar-se a Daniel Videira e Marco Meneses, nadando a final direta dos 100 metros bruços SB9.

Na natação adaptada, os atletas estão divididos por 14 classes, sendo as classes entre o um e o 10 para nadadores com deficiência motora, as classes entre 11 e 13 destinadas à deficiência visual, e a 14 para a deficiência intelectual.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.