Cerca de meio milhar de atletas, incluindo os melhores orientistas portugueses, vão participar no Ori Mondego, que em 18 de novembro vai decorrer nos pinhais de S. Pedro, Figueira da Foz.

“Os terrenos de mapas de orientação nas zonas de dunas dos pinhais da costa portuguesa arderam cerca de 80 por cento. Esta prova vai decorrer num dos espaços que se salvaram à tragédia”, disse à agência Lusa Fernando Costa, da organização.

O evento é pontuável para a Taça de Portugal de Orientação pedestre e de orientação de precisão e servirá também para comemorar o terceiro aniversário do ADM – ORI Mondego, jovem clube da Figueira da Foz.

“Não retirem o homem da floresta, ensinem-no a amá-la, a respeitá-la e ele cuidará dela toda a vida”, é o lema da organização.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.