A Federação Internacional de Râguebi (World Rugby, na designação em inglês) reuniu-se hoje num fórum com outros atores da modalidade, tendo definido a reunião de 30 de junho como definitiva para decidir sobre o calendário de 2020.

Devido à pandemia de COVID-19, o calendário de râguebi a nível global foi afetado, bem como "as finanças de clubes e federações", pelo que é necessária "uma solução de compromisso que permita que tanto competições de clubes como de seleções sejam concluídas este ano".

Sem se comprometerem com um "alinhamento completo", a discussão vai continuar até ao Conselho da World Rugby, agendado para 30 de junho.

A decisão foi hoje tomada num fórum que decorreu em Dublin, com a participação de várias federações, associações de jogadores, organizadores e comités associados à modalidade.

"A decisão final sobre [o calendário de] 2020 será confirmada através do voto no Conselho de 30 de junho, após uma recomendação do Comité Executivo da World Rugby", pode ler-se na nota de imprensa.

Num comunicado enviado à agência noticiosa France Presse (AFP), a Liga francesa criticou o facto de o contexto em que decorreu a reunião por videoconferência ter parecido mais como um "facto consumado" do que o início das negociações, mas reconheceu a necessidade de alterações ao calendário.

"Todos os 'stakeholders' acreditam que uma reforma significativa do calendário internacional é necessária, num ambiente pós-covid-19 com muitas alterações, para revitalizar o râguebi global e alinhar o desporto entre clubes e datas internações, com menos sobreposições e maior descanso para os jogadores", acrescenta a World Rugby.

A pandemia de COVID-19 já provocou mais de 433 mil mortos, incluindo 1.520 em Portugal.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.