O surfista português Frederico Morais foi esta quarta-feira eliminado nos quartos de final do Rip Curl Pro Bells Beach, segunda etapa do circuito mundial, repetindo o quinto lugar conseguido em 2017 na prova australiana.

Frente ao brasileiro Gabriel Medina, Frederico Morais entrou muito bem e chegou a estar em vantagem, mas o campeão mundial de 2014 e vice-campeão em 2017 conseguiu dar a volta à quarta bateria da eliminatória.

Medina, que foi ainda terceiro nos circuitos de 2015 e 2016, terminou o ‘heat’ com 15,73 pontos (8,83 e 6,90 nas duas melhores ondas), contra os 15,00 (7,00 e 8,00) de ‘Kikas’.

Frederico Morais tinha sido 13.º na prova inaugural em Gold Coast, igualmente na Austrália, depois de ter sido afastado na terceira ronda.

Nos quartos de final de Bells Beach destaque ainda para a qualificação do australiano Mick Fanning, tricampeão do mundo, que se despede do circuito nesta prova.

Fanning eliminou o seu compatriota Owen Wright e vai disputar o acesso à final com o norte-americano Patrick Gudauskas, enquanto Medina defronta o brasileiro Ítalo Ferreira.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.