A seleção portuguesa de surf terminou hoje o sétimo dia do Eurosurf na liderança, conseguindo confirmar a presença nas finais masculinas e femininas, a dois dias do final da prova europeia.

Depois de um dia sem provas devido às condições meteorológicas, o surf voltou à praia de Bore, com Carol Henrique e Mafalda Lopes a qualificarem-se para a final de surf feminino nos dois primeiros lugares da eliminatória.

Nas meias-finais masculinas, Eduardo Fernandes e Tomás Fernandes dominaram a primeira e, na segunda, Guilherme Fonseca passou em primeiro e Pedro Henrique seguiu para a repescagem, com os resultados lusos a colocarem a comitiva lusa no primeiro posto.

“Foi um dia longo e mais uma vez com muita chuva, muito vento e com o mar bastante desordenado. Só não foi perfeito porque não conseguimos colocar os quatro atletas de ‘surf open’ na final principal”, analisou o selecionador, David Raimundo, em declarações à Federação Portuguesa de Surf.

No sábado, entram em ação os nove surfistas portugueses, com as finais de bodyboard feminino, para Teresa Padrela, e ‘open’, para Daniel Fonseca, e a final de surf feminino, com Carol Henrique e Mafalda Lopes.

João Dantas vai tentar vencer a final de longboard, enquanto Tomás Fernandes, Guilherme Fonseca e Eduardo Fernandes procuram qualificar-se para a finalíssima de domingo em ‘surf open’, com Pedro Henrique nas repescagens.

Portugal venceu pela última vez o Eurosurf em 2011.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.