A surfista portuguesa Teresa Bonvalot sublinhou hoje a alegria por “colocar a bandeira portuguesa no topo”, depois de vencer o GWM Sydney Surf Pro, na Austrália, da segunda etapa do 'Challenger Series'.

“É incrível vencer aqui. Adoro estar na Austrália e tive aqui bons resultados antes da pandemia [de covid-19], portanto é fantástico regressar e ganhar”, começou por dizer a surfista portuguesa, depois de ser trazida em ombros da água até à zona de entrevistas.

Bonvalot frisou ser este “o maior triunfo” da sua carreira e ter público português a apoiá-la durante a prova foi “fantástico”, aliado à felicidade de "colocar a bandeira portuguesa no topo".

“Ganhar foi uma grande sensação, sobretudo por ter enfrentado uma surfista tão boa como a Nikki van Dijk na final. É um sentimento muito bom”, acrescentou a surfista, explicando que apenas se preocupou em surfar e mostrar o melhor que tinha.

A surfista natural de Cascais, de 22 anos, alcançou o quinto triunfo na carreira, o primeiro no ‘Challenger Series’, ao somar 15,83 pontos (7,83 e 8) na final, contra os 13,13 (7 e 6,13) de Van Dijk.

Bonvalot contava com quatro vitórias no circuito de qualificação, duas no Estrella Galicia Caparica Surf Fest, em 2021 e 2022, uma no Azores Airlines Pro, em 2021, e outra no Seat Pro Netanya, em Israel, já este ano.

Esta primeira vitória no ‘Challenger Series’ deixa a portuguesa no terceiro lugar deste circuito de qualificação, que atribui 12 vagas masculinas e seis femininas para o circuito principal de 2023, após duas das oito provas, com 11.900 pontos, a 2.845 pontos da norte-americana Caitlin Simmers, que lidera, e a 645 de Van Dijk, segunda.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.