Os portugueses João Geraldo e Fu Yu avançaram hoje para a ronda de 32 do quadro de singulares do Mundial de ténis de mesa, enquanto Tiago Apolónia ficou pelo caminho em Durban, na África do Sul.

João Geraldo, 46.º do ranking mundial, afastou o mexicano Marcos Madrid (97.º) por 4-0, com os parciais de 11-9, 11-5, 11-4 e 11-6, indo encontrar agora o vencedor do embate entre o alemão Patrick Franziska (17.º) e o australiano Xavier Dixon (93.º).

Na ronda anterior, o luso tinha surpreendido ao eliminar o inglês Liam Pitchford, 23.º do mundo.

Ante a nigeriana Fatimo Bello (61.ª), Fu Yu, 30.ª da hierarquia, também venceu por 4-0, com 11-0, 11-1, 11-6 e 11-6, defrontando agora a ganhadora do desafio entre a espanhola Maria Xiao (80.ª) e a chinesa Wang Yidi (quarta).

Ante o vice-campeão europeu e 13.º jogador mundial, o esloveno Darko Jorgic, Tiago Apolónia (59.º) até começou por vencer o primeiro set, por 11-9, contudo não resistiu à reação do rival que se imporia por 11-9, 11-8, 11-6 e 11-9, perdendo por 4-1.

Marcos Freitas (60.º) compete somente na terça-feira, encontrando o japonês Tomokazu Harimoto, de 19 anos, medalha de bronze em Tóquio2020, por equipas, e número quatro mundial.

Em pares, Fu Yu e Jieni Shao já tinham ficado pelo caminho, ante uma dupla de Singapura, enquanto em pares mistos João Geraldo e Shao cederam ante opositores mexicanos.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.