A “muito jovem” seleção portuguesa feminina de ténis de mesa, que domingo inicia a participação no Mundial de Halmstad, na Suécia, admitiu hoje que tem como grande ambição a subida à segunda divisão.

"Queremos subir e estivemos a trabalhar o ano inteiro para isso. Se tudo correr bem, podemos alcançar esse objetivo", disse a selecionadora portuguesa Xie Juan, numa conferência de imprensa, em Vila Nova de Gaia, após o último treino da equipa lusa antes da partida para o Mundial por equipas.

A seleção feminina de ténis de mesa é constituída por Leila Oliveira, Marta Santos, Patrícia Santos, de apenas 13 anos, e Raquel Martins.

O facto de a média de idades da equipa ser "muito jovem", como referiu o presidente da Federação Portuguesa de Ténis de Mesa, Pedro Moura, pode ser um "fator de pressão, mas também de motivação".

"Além de quererem acumular experiência, estas atletas sabem que estão de olhos postos nelas e ambicionam uma subida”, disse o dirigente.

Já a selecionadora, questionada sobre se o facto de a equipa não ter aparentemente nada a perder é motivante, apontou que "há sempre a vontade de ganhar tudo".

"Quem anda no desporto quer sempre ganhar. As equipas jovens são o futuro e sentem sempre pressão para ganhar e provar o seu valor", disse Xie Juan.

Já a atleta Raquel Martins, de 17 anos, apontou que "apesar da tenra idade, a equipa sabe que tem de cumprir".

"Somos o futuro da modalidade e temos vários modelos a seguir. Portugal está muito bem no ténis de mesa e a evoluiu no setor feminino. Subir de divisão é um dos nossos objetivos. Preparámo-nos o ano todo para isso”, disse.

A equipa feminina ocupa a 77.ª posição do ‘ranking’ mundial e jogará no Grupo K, da terceira divisão, com Estónia (número 52), Argélia (56), Turquemenistão (62), Macau (65) e Bulgária (73).

O Mundial por equipas realiza-se de domingo a 06 de maio, em Halmstad, na Suécia.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.