O nigeriano Aruna Quadri, com duas vitórias, foi hoje determinante no triunfo do Sporting sobre os russos do Fakel Gazprom, por 3-1, na sexta e última jornada da fase de grupos da Liga dos Campeões de ténis de mesa.

O jogo não influenciava a classificação do grupo A - qualquer que fosse o resultado, ambas as equipas passavam aos quartos-de-final, com o Sporting em segundo - e o Fakel Gazprom aproveitou para 'dar férias' aos seus melhores, apresentando uma 'segunda linha'.

Com efeito, prescindiu do alemão Ovtcharov, líder do 'ranking', do japonês Mizutani e ainda do bielorrusso Samsonov e colocou em ação Denis Ivonin, Alexei Liventsov e Fedor Kuzmin.

Com esta linha, o favoritismo inverteu-se e Quadri, melhor jogador africano e um dos melhores mundiais, liderou a equipa verde e branca, com vitórias sobre Ivonin (3-1), logo a abrir, e Liventsov (3-1), na quarta partida.

Pelo meio, Diogo Carvalho perdeu com Liventsov (3-1) e João Monteiro impôs-se a Kuzmin (3-0).

Já afastado da próxima fase da 'Champions', o Pontoise-Cergy, que hoje alinhou sem o português Marcos Freitas, garantiu o terceiro lugar do grupo, ao bater o Dartom Bogoria, da Polónia, por 3-0.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.