A espanhola Anabel Medina Garrigues regozijou-se por marcar presença na final do Estoril Open, mas não esconde que terá uma missão complicada diante da alemã Kristina Barrois.

«Penso que vai ser um jogo muito difícil, porque Kristina Barrois é uma jogadora muito talentosa, que está a jogar bem e que é muito dura e perigosa», afirmou a número 61 do ranking mundial feminino.

Depois de 2010 longe dos seus melhores resultados, tendo em conta que soma já oito títulos em terra batida, Anabel Medina Garrigues vincou na conferência de imprensa a sua satisfação pelo regresso aos melhores momentos. «É muito bonito estar de volta a uma final. O ano passado foi o pior da minha carreira, perdi muito no ranking e isso revelou-se muito duro», frisou.

Questionado sobre a opção de preparar a época de terra batida no torneio português, a espanhola respondeu com um elogio claro: «O Estoril Open tem as condições ideais para preparar o torneio de Madrid e Roland Garros».

Saiba tudo sobre o torneio no especial Estoril Open

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.