O tenista britânico Andy Murray espera regressar à competição no Masters 1000 de Miami, que tem início previsto para 25 de março, após ter estado afastado das competições devido a problemas na anca.

“Eu fiz muita reabilitação nestes últimos meses, que, em termos de força, permitiu que os músculos à volta da minha anca estejam bem”, disse o escocês.

O tricampeão de torneios do ‘Grand Slam’ e antigo número um no ‘ranking’ mundial não joga desde a final da Taça Davis, em novembro, tendo já sido operado à anca em 2018 e em 2019.

O tenista recebeu o prémio da ATP para regresso do ano em 2019, após ter revelado, no início do ano, que podia ter vindo a terminar a carreira devido aos problemas na anca, mas acabou por regressar e ganhar títulos em singulares e pares.

Murray ganhou o Open dos Estados em 2012 e Wimbledon em 2013 e 2016, além de duas medalhas de ouro em Jogos Olímpicos.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.