A anfitriã Austrália e a Rússia apuraram-se esta quinta-feira para as meias-finais da ATP Cup de ténis, ao derrotarem a Grã-Bretanha e a Argentina, respetivamente, nos quartos de final da nova prova de seleções.

Em Sydney, a Austrália sofreu para afastar os britânicos e apenas conseguiu o apuramento após um longo 'match tie break' no decisivo encontro de pares.

Alex de Minaur e Nick Kyrgios bateram os especialistas em pares Jamie Murray e Joe Salisbury por 3-6, 6-3 e 18-16.

Antes, Kyrgios tinha derrotado Cameron Norrie, por um duplo 6-2, e Daniel Evans tinha empatado a eliminatória após uma 'maratona' de mais de três horas frente a De Minaur, com um triunfo, por 7-6 (7-4), 4-6 e 7-6 (7-2).

Nas meias-finais, a Austrália vai defrontar no sábado o vencedor o confronto entre a Espanha, liderada por Rafael Nadal, e a Bélgica, que se defrontam na sexta-feira.

No segundo confronto do dia, a Rússia apenas precisou dos dois encontros de singulares para assegurar a presença nas meias-finais, com o triunfo a ser garantido por Daniil Medvedev, que bateu o argentino Diego Schwartzman, por 6-4, 4-6 e 6-3.

No primeiro encontro, Karen Khachanov tinha vencido Guido Pella, por 6-2 e 7-6 (7-4).

A Rússia fica agora à espera do vencedor do confronto entre a Sérvia, de Novak Djokovic, e o Canadá, que se disputa na sexta-feira.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.