A Austrália qualificou-se hoje, pelo segundo ano consecutivo, para a final da Taça Davis em ténis, depois de derrotar a Finlândia, 'carrasco' do Canadá, detentor do troféu.

Em Málaga, em Espanha, onde estão a decorrer as Finais da Taça Davis, os australianos resolveram a eliminatória nos dois encontros de singulares, com os nórdicos a não conseguirem nova surpresa, após a eliminação do Canadá nos quartos de final.

Alex De Minaur, 12.º do ranking mundial, deu o ponto decisivo à Austrália, ao vencer Emil Ruusuvuori (69.º), por 6-4 e 6-3.

Antes, Alexei Popyrin (40.º mundial) tinha dado vantagem ao Austrália, com um triunfo sobre Otto Virtanen (171.ª), por 7-6 (7-5) e 6-3.

A Austrália vai disputar pela 49.ª vez a final da Taça Davis, que venceu em 28 ocasiões - menos quatro do que os recordistas Estados Unidos -, a última em 2003.

Na final, no domingo, a Austrália vai encontrar a Sérvia ou a Itália, que se vão defrontar no sábado.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.