O tenista russo Daniil Medvedev, terceiro pré-designado, conquistou hoje o terceiro Masters 1.000 da carreira, ao vencer na final do torneio de Paris o germânico Alexander Zverev, quarto, por 5-7, 6-4 e 6-1.

Se o primeiro parcial correu de feição a ‘Sascha’, que quebrou Medvedev quando este servia para levar o ‘set’ a ‘tie-break’, no segundo inverteram-se os papéis, com o moscovita a fazer o ‘break’ (5-4) e consequente 6-4, seguindo-se, depois, um derradeiro e desastroso parcial para Zverev, quebrado por três vezes.

A conquista do terceiro Masters do palmarés por parte do atual número cinco da hierarquia ATP, que será quarto depois da vitória de hoje, ao fim de duas horas e oito minutos, é também o seu oitavo título da carreira, entre 2018 e 2020.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.