O tenista sérvio Novak Djokovic considerou que a partida com o britânico Daniel Evans na terceira ronda do Masters 1.000 de Monte Carlo foi uma das piores da sua carreira.

"Para ser honesto, este foi um dos piores encontros que fiz nos últimos anos. Senti-me horrível em campo. Nada resultou. Foi um daqueles dias. Foi uma exibição simplesmente horrível. Não consigo tirar nada positivo deste encontro. Sair de court assim deixa-me com um sentimento amargo", admitiu o número um mundial.

Cometendo muitos erros não forçados (45), o antigo bicampeão do Masters 1.000 de Monte Carlo não conseguiu lidar com a esquerda em ‘slice’ e o jogo variado de Daniel Evans, de 30 anos, e acabou por registar a primeira derrota da temporada.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.