O sérvio Novak Djokovic, número dois mundial, fez hoje o pleno na fase de ‘round-robin’ do Masters de ténis, ao vencer o belga David Goffin, suplente chamado à última hora, em dois ‘sets’.

Djokovic continua firme na demanda pelo número um mundial, tendo vencido o 11.º tenista do ‘ranking’, por 6-1 e 6-2, em uma hora e dez minutos, para se manter invicto na O2 Arena de Londres.

Com a sua terceira vitória em três encontros, o sérvio, que já tinha assegurado a presença nas meias-finais, regressa virtualmente à liderança do ‘ranking’ ATP e poderá terminar o ano como primeiro tenista mundial, caso o britânico Andy Murray perca o encontro do seu grupo na sexta-feira.

“Os três encontros que joguei esta semana foram aqueles em que me senti mais à vontade. Sinto-me em crescendo, o que é um bom sinal”, estimou.

Djokovic ganhou 21 dos seus 22 encontros na O2 Arena e com o triunfo de hoje sobre Goffin, que substituiu o lesionado Gael Monfils, termina a fase de grupos invicto pela quarta vez nos últimos cinco anos.

Esta noite será conhecido o segundo semifinalista do Grupo Ivan Lendl, com o vencedor do encontro entre o canadiano Milos Raonic e o austríaco Dominic Thiem a acompanhar o sérvio.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.