O encontro entre o sérvio Novak Djokovic, número um do ténis mundial, e o britânico Andy Murray foi hoje interrompido devido à falta de luz natural, com a conclusão da meia-final de Roland Garros a ficar adiada para sábado.

O juiz árbitro do ‘Grand Slam’ francês decidiu interromper a segunda meia-final masculina, depois de ambos os jogadores se queixarem da falta de luz, quando estavam decorridas três horas e oito minutos de encontro.

Novak Djokovic vencia por 6-3, 6-3, 5-7 e 3-3 quando o encontro foi interrompido. Na final está já o suíço Stanislas Wawrinka, que hoje venceu o francês Jo-Wilfried Tsonga, por 6-3, 6-7 (1-7), 7-6 (7-3) e 6-4.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.