Os tenistas Roger Federer e Stanislas Wawrinka mostraram-se hoje disponíveis para voltar a disputar a Taça Davis pela a Suíça, que em setembro jogará o ‘play-off’ do Grupo Mundial frente à Holanda.

“Estamos muito felizes por esta decisão tão positiva, que nos permitirá preparar este ‘play-off’ nas melhores condições”, pode ler-se no site da Federação de Ténis da Suíça.

Depois de em novembro passado Federer, atual numero 2 do ‘ranking’ ATP, e Wawrinka, 4.º da hierarquia, terem sido decisivos na conquista da primeira Taça Davis da Suíça, os dois jogadores abdicaram de disputar a eliminatória frente à Bélgica, em que os suíços acabaram derrotados por 3-2, para prepararem da melhor forma a participação em Roland Garros, que Wawrinka acabou por vencer.

Uma questão que pode ter pesado na decisão dos jogadores é a proximidade dos Jogos Olímpicos. É que, para poderem disputar o torneio, os jogadores necessitam de, pelo menos, disputar um encontro da Taça Davis.

O ‘play-off’ frente à Holanda irá decidir um lugar no Grupo Mundial do próximo ano, sendo que a equipa que for derrotada acabará despromovida ao Grupo 1.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.