O tenista português Francisco Cabral, em dupla com o britânico Jamie Murray, falhou hoje o apuramento para os quartos de final da vertente de pares do torneio de Metz, ao ser eliminado por Hugo Nys e Jan Zielinski.

Na estreia ao lado do reputado Murray, o número um nacional de pares e 45.º classificado do ‘ranking’ da variante perdeu em três ‘sets’, pelos parciais de 2-6, 7-5 e 5-10, num encontro que durou uma hora e 30 minutos.

Francisco Cabral estreou-se hoje ao lado do antigo número um mundial de pares, depois de o britânico de 36 anos ter convidado o jovem portuense para jogar até ao fim do ano, com vista a tornar a parceria permanente em 2023.

O tenista de 25 anos, que no fim de semana representou Portugal na Taça Davis, decidiu abdicar da carreira de singulares para dedicar-se exclusivamente aos pares e é já o segundo melhor português de sempre na vertente, sendo suplantado apenas por João Sousa, que foi 26.º em maio de 2019.

Nos quartos de final, o monegasco Hugo Nys e o polaco Jan Zielinski vão defrontar a dupla composta pelo brasileiro Rafael Matos e pelo espanhol David Vega Hernández, quartos cabeças de série.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.