O tenista Frederico Gil venceu hoje o chileno Júlio Peralta e apurou-se para os quartos-de-final de singulares do torneio de categoria "Challenger" de Braunschweig, na Alemanha, que decorre até domingo.

Frederico Gil, o português mais bem cotado de sempre na tabela mundial (ocupa actualmente a 91.ª posição), fechou o encontro frente a Peralta, sem "ranking" e que atingiu o 212.º posto em 2003, com os parciais de 6-7 (5-7), 6-2 e 6-4.

«Não o conhecia, mas sei que joga muito nos Interclubes na Alemanha e é muito consistente. Gostei bastante da minha exibição, com alguns altos e baixos, o que é natural, porque não tenho disputado muitos encontros ultimamente. As condições também estão um pouco mais lentas porque choveu», explicou Gil.

Nos quartos-de-final de Braunschweig, Gil discutirá um lugar na meia-final com o vencedor do encontro entre o turco Marsel Ilhan (105.º ATP) e o russo Evgeny Donskoy (196.º).

Outro português a competir em singulares, Rui Machado, não conseguiu avançar para os quartos-de-final, depois de hoje ter cedido frente ao checo Jaroslav Pospisil, 133.º na hierarquia mundial, pelos parciais de 6-2 e 6-3.

«Não me consegui adaptar totalmente as condições que mudaram muito no dia de hoje, devido às fortes chuvas que caíram durante a noite. O campo estava mais lento e pesado, e o meu adversário conseguiu tirar bem partido disso, devido ao seu estilo de jogo agressivo e com pancadas sem muito 'spin'», afirmou Machado, 97.º no Mundo.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.