Terminou a prestação individual de Frederico Silva no torneio júnior de Wimbledon. Contudo, será uma estreia em provas do Grand Slam auspiciosa para o tenista português que, em Março, completou 16 anos. Mas diante do croata Mate Pavic, 10.º no “ranking” mundial do escalão e dois anos mais velho, Silva (48.º) cedeu, mas só fim de uma hora e 42 minutos: 4-6, 6-4 e 6-3.
 
Depois de perder com o oitavo melhor tenista presente no torneio de juniores, Frederico Silva voltará ao court n.º9 para jogar em pares, ao lado do chileno Matias Sborowitz, sendo os pontos nesta variante igualmente contabilizados para o ranking mundial. No entanto, os 80 pontos assegurados por ter ultrapassado duas rondas em Wimbledon, deverão ser suficientes para garantir a presença no quadro principal do Open dos EUA, em Setembro.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.