Num encontro de 2h14 de duração, Frederico Gil, 100.º na classificação mundial individual, perdeu a primeira partida, por 6-2, mas acabou por recuperar e fechar o encontro nas duas seguintes frente ao 106.º da tabela ATP, pelos parciais de 6-4 e 6-3.

Com o triunfo sobre Chardy, o tenista português vingou a derrota na primeira ronda do Open dos Estados Unidos de 2008, o primeiro embate entre os dois no circuito profissional, que terminou após quatro partidas (3-6, 6-3, 6-2 e 6-3).

Frederico Gil aguarda agora a conclusão do encontro entre o italiano Alessandro Giannessi, proveniente da fase de qualificação, e o espanhol Albert Montañes, oitavo cabeça de série, para conhecer o adversário na segunda ronda.

Se Montañes confirmar o favoritismo e afastar Giannessi na terça-feira, o espanhol, 53.º mundial, e o português voltam a encontrar-se pela quarta vez.

Gil e Montañes encontraram-se pela primeira vez em Casablanca, em 2009, e o português cedeu, voltando a permitir que o espanhol vencesse na final do Estoril Open de 2010 e conquistasse o segundo título na prova portuguesa de terra batida do ATP World Tour 250.

Também em 2010, Frederico Gil venceu Montañes em Prostejov, na República Checa, no segundo encontro de singulares.

Rui Machado, o tenista português mais bem cotado de sempre (61.º na atualização de hoje), joga a primeira ronda em Bucareste na terça-feira.

O algarvio, vencedor no domingo do "Challenger" de Szczecin (Polónia), terá pela frente o italiano Filippo Volandri, 86.º na hierarquia mundial.

A surpresa de hoje no torneio de Bucareste foi protagonizada pelo brasileiro João Souza, que afastou o espanhol Tommy Robredo, quinto pré-designado, pelos parciais de 6-4 e 7-6 (8-6).

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.