O tenista Frederico Gil, uma das esperanças portuguesas no Estoril Open, que hoje arrancou nos "courts" do Jamor, voltou a fixar uma nova marca no "ranking" mundial, ao ascender ao 62.º posto.

Gil, que deu um grande salto na classificação ao atingir os quartos de final do torneio de Monte Carlo, voltou a amealhar pontos na semana passada em Nápoles, num torneio de categoria inferior ao monegasco, em que foi igualmente eliminado nos quartos de final.

Entre os outros portugueses que figuram no "ranking", Rui Machado, também presente no Estoril, caiu sete posições (102.º), enquanto João Sousa (254) e Gastão Elias (270) sabem que um deles poderá dar um salto na classificação, já que se defrontam na ronda inaugural do torneio luso.

No "top-10", a classificação ficou praticamente inalterada, registando-se apenas a entrada do espanhol Nicolas Almagro para o 10.º posto, por troca com o norte-americano Mardu Fish. O também espanhol Rafael Nadal mantém-se confortavelmente instalado no primeiro posto.

No quadro feminino, Michelle Larcher de Brito, que este ano não marcará presença no Estoril Open, continua a ser a melhor representante portuguesa, ocupando o 187.º, uma subida de 10 posições.

Das três tenistas lusas que marcarão presença no quadro principal do Estoril Open, Maria João Koehler é a melhor classificada, ocupando o 244.º posto, no que representou uma subida de 34 lugares, seguindo-se Magali de Lattre (386) e Bárbara Luz (1.048).

No topo da hierarquia manteve-se tudo praticamente na mesma, com a liderança da dinamarquesa Caroline Wozniacki.

Saiba tudo no Especial do Estoril Open

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.