O tenista português Gonçalo Oliveira estreou-se hoje com uma vitória no Oeiras Open, torneio de categoria 50 do ATP Challenger Tour, que está a ser jogado no Complexo Desportivo do Jamor, em que Nuno Borges foi eliminado.

Oliveira, número 296 do ‘ranking’ ATP e único português com acesso direto ao quadro principal do evento português, conseguiu contrariar o teórico favoritismo do cazaque Denis Yevseyev (262.º) e alcançou o triunfo em dois ‘sets’, com os parciais de 6-1 e 6-2, em 56 minutos.

Uma vez garantida a qualificação para a segunda ronda, o jogador natural do Porto vai defrontar agora o argentino Marco Trungelliti, que bateu o alemão Oscar Otte, primeiro cabeça de série, por 6-3 e 6-4.

Já Nuno Borges, 375º colocado na hierarquia mundial e que precisou de um ‘wild card’ da Federação Portuguesa de Ténis para aceder à principal grelha do Oeiras Open, ainda venceu o primeiro parcial, mas acabou eliminado, em três ‘sets’, pelos parciais de 2-6, 7-6 (8-6) e 6-1, ao cabo de duas horas e 16 minutos de encontro.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.